Sign In

Projeto Lagos do São Francisco

Sustentabilidade Publicado em 13/09/2021

O Projeto Lagos do São Francisco, parceria entre a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), a Embrapa Semiárido e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), promoveu, neste mês de setembro, Dia de Campo sobre o cultivo do tomate, no povoado Ludovico, localizado no município de Paulo Afonso (BA).

 

O evento reuniu agricultores beneficiados pelo projeto e moradores da localidade, além de técnicos agropecuários que atuam nos municípios de Jatobá e Petrolândia (PE), Piranhas, Pariconha e Olho d`água do Casado (AL), e Paulo Afonso (BA).

 

Na ocasião, foram realizadas demonstrações de técnicas usadas naquela propriedade para o cultivo do tomate. Pesquisadores da Embrapa explanaram sobre manejo, tecnologia utilizada, controle de pragas, uso dos defensivos, cuidado na preparação da calda e uso dos EPI´s. Também responderam aos questionamentos dos técnicos e agricultores.

 

Representando a Chesf, Núbia Ferreira, que também atua como fiscal do projeto, ressaltou a parceria e o interesse da Companhia em contribuir com o desenvolvimento da região no entorno dos seus empreendimentos. "Além de trazer benefícios para os agricultores, a partir do conhecimento disponibilizado pelos pesquisadores e estudiosos da Embrapa, esta ação também dependerá do empenho de cada produtor".

 

Coordenado pela área de Responsabilidade Social da Chesf, o projeto Lagos do São Francisco tem como objetivo estimular o desenvolvimento sustentável de comunidades rurais no entorno das barragens do Complexo de Paulo Afonso e as usinas hidroelétricas de Itaparica (Luiz Gonzaga) e Xingó, no rio São Francisco, beneficiando cerca de quatro mil agricultores familiares, moradores de doze municípios dos estados de Alagoas, Bahia, Pernambuco e Sergipe.

 

Acesse o painel digital do Projeto Lagos do São Francisco e acompanhe as ações desenvolvidas.